#ChooseUltraje

Features

Álbuns lançados a 6 de Abril que já podes comprar (Kamelot, Kalmah, Winterfylleth, etc.)

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Encircling Sea “Hearken” (EVP Recordings)

«Aquilo que fez de “A Forgotten Land” [2013] um álbum grandioso surge na segunda metade deste “Hearken” com composições velozes, atmosféricas e transcendentais a nível melódico que poderão ser indicadas para fãs de Wolves In The Throne Room, Panopticon e Falls Of Rauros.» DF

Review completa | Shop

 

Caliban “Elements” (Century Media Records)

«Um disco bem composto, original à sua maneira e que facilmente voltará a colocar os Caliban nas listas dos maiores festivais da Europa este Verão.» JC

Review completa | Shop

 

 Black Salvation “Uncertainty is Bliss” (Relapse Records)

«É rock arrastado, fuzz, psicadélico e teima em soar a Bauhaus no seu período de ouro, bem como àquele kraut-rock dos Neu!, único.» JC

Review completa | Shop

 

Glorior Belli “The Apostastes” (Season Of Mist)

«É uma estranha, mas elegante, criação com temas que misturam o melhor que a banda andou a fazer nos últimos anos com alguns delírios roqueiros.» TN

Review completa | Shop

 

Kalmah “Palo” (Spinefarm Records)

«Cada tema estica um pouco a corda do death metal melódico do quinteto, nunca correndo verdadeiro risco de parti-la. E assim se mantém uma carreira, com coerência, negridão e um aparente poço de bons riffs mesmo à porta da cabana.» FR

Review completa | Shop

 

Kamelot “The Shadow Theory” (Napalm Records)

«O fundador e guitarrista Thomas Youngblood não desaprende e é com facilidade que dizemos estar perante uma das melhores prestações de composição e execução de sempre por parte do músico da Florida. (…) “The Shadow Theory” é muito provavelmente o melhor álbum dos Kamelot em mais de dez anos.» DF

Review completa | Shop

 

Messa “Feast for Water” (Aural Music)

«O quarteto oriundo de Pádua continua a evoluir a partir de um doom clássico, com teclados e ganchos de guitarra stoner que remetem para o rock da década de 1970.» JB

Review completa | Shop

 

The Grotesquery “The Lupine Anathema” (Xtreem Music)

« O som dos The Grotesquery apoia-se em excelentes riffs, melódicos mas agressivos, que se agarram ao ouvido.» PF

Review completa | Shop

 

Winterfylleth “The Hallowing of Heirdom” (Candlelight Records / Spinefarm Records)

«Sentimental e envolvente a toda a largura, “The Hallowing of Heirdom” pode ser visto como um apêndice acústico de todo o black metal da banda que não trai o conceito base.» DF

Review completa | Shop

Features

[Exclusivo] Mastodon: “Sempre que voamos para o outro lado do Atlântico, Portugal tem de estar na lista”, diz Troy Sanders

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Será a 17 de Fevereiro que os Mastodon passam por Portugal para um concerto em Lisboa e, em conversa com a Ultraje, o baixista/vocalista Troy Sanders só tem coisas boas a dizer sobre o nosso país: «Portugal é um país muito belo e os fãs são dos mais fiéis que temos.» Todavia, a grande revelação do excerto que aqui partilhamos viria a seguir: «Deixa-me pôr isto de forma mais clara – demos a indicação específica ao nosso agente para não confirmar a digressão enquanto Portugal não estivesse confirmado. Sempre que voamos para o outro lado do Atlântico, Portugal tem de estar na lista. Ficámos bastante aliviados quando o nosso agente nos deu a confirmação do concerto em Lisboa, pois esta parte da digressão só aconteceu porque respeitaram a nossa exigência de tocarmos em Portugal, baseámos a digressão em redor de tocarmos aí. Estamos bastante ansiosos por chegar a Lisboa, pois não só o país é muito bonito, como as pessoas são fantásticas.»

Ao lado dos Mastodon actuarão os Kvelertak e os Mutoid Man. Os bilhetes podem ser adquiridos AQUI.

 

Continuar a ler

Features

Ghost – Capítulo VI: A Visita

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Mikael Eriksson

Numa clara alusão à digressão europeia que se avizinha, Sister Imperator está recuperada do seu acidente e recebe a vista de Cardinal Copia que, com Papa Nihil, sai do hospital rumo a um destino desconhecido. Um desses destinos, que Cardinal Copia não tem conhecimento, passará pelo Estádio do Restelo (Lisboa) onde Ghost, Metallica e Bokassa têm encontro marcado com o público português a 1 de Maio.

O álbum mais recente da banda liderada por Tobias Forge intitula-se “Prequelle” e foi lançado em Junho de 2018 pela Spinefarm Records.

 

 

 

Continuar a ler

Features

[Antevisão] XXXapada na Tromba 2019: brutalidade exemplar

Diogo Ferreira

Publicado há

-

É já nos próximos dias 18 e 19 de Janeiro que decorre, no RCA Club (Lisboa), o XXXapada na Tromba – Freak n’ Grind Fest 2019. Durante estes dois dias, com concertos a começar pelas 17:30 na sexta-feira e 17:00 no sábado, a capital será o ponto de encontro para os fãs de death metal nas suas variadas vertentes e grindcore.

Sexta-feira começa com Moñigo, Rato Raro, Dehydrated e Crepitation. Logo após a hora de jantar, sobem ao palco os Meat Spreader com o seu grindcore bem produzido e com influências punk como se pode ouvir no álbum “A Swarm Of Green Flies Over The Rusty Pot”. De Itália vêm os veteranos Cripple Bastards que se formaram no já longínquo ano de 1988 e estão actualmente ligados à Relapse Records; “La fine cresce da dentro”, de 2018, é o mais recente álbum da banda italiana e para além do grindcore apresenta também influências de thrash metal. Depois do Epicardiectomy, será a vez dos Inhume, banda holandesa que tem em “Moulding the Deformed” o disco mais recente lançado em 2010; o seu brutal death metal / grindcore está a ser comemorado com a compilação “Exhume: 25 Years of Decomposition” (2018). Recentemente regressados às lides, os norte-americanos Brodequin são um dos grupos mais esperados do primeiro dia do XXXapada; com três álbuns na discografia, “Instruments of Torture” (2001) é o grande marco sonoro da banda. Pela madrugada tocarão ainda os seminais portugueses Grog, que decerto promoverão um concerto coeso, e os alemães Satan’s Revenge On Mankind.

No sábado, o XXXapada terá a sua primeira parte composta pelos Annihilation, Undersave, Hymenotomy, UxDxS e Tu Carne. Pelas 21:30, os GUT, fundados em 1991, subirão ao palco do RCA Club com o seu death metal / grindcore obscuro, sujo e mid-tempo que não põe de lado algum experimentalismo e crossover. Após os consagrados nacionais Analepsy, os romanos Devangelic darão uma toada mais blasfema à festa do XXXapada com um brutal death metal compacto; “Phlegethon” data de 2017 e é o álbum mais recente. Nome apelativo é o dos holandeses Prostitute Disfigurement que contam com quase 20 anos de carreira; algures entre o death metal tradicional e o brutal, a banda aponta para novo disco neste ano de 2019. O festival encerrará com o famoso happy/party grindcore dos reconhecidos além-fronteiras Serrabulho e com os sexuais Pornthegore.

Os bilhetes diários estão disponíveis através do endereço xxxapada.fest@gmail.com e têm o custo de 25€ em pré-venda. No dia do evento, o valor será de 30€. Os bilhetes para os dois dias do festival ainda se encontram disponíveis pelo valor de 40€ e podem ser comprados através do e-mail disponibilizado ou na Clockwork Store (Lisboa) e na Bunker Store (Porto). No dia do festival, o valor será de 50€ e limitado ao stock existente.

O evento no Facebook pode ser acedido aqui.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #19