#ChooseUltraje

Features

Ultraje Appendix #03: Setembro 2018

Joel Costa

Publicado há

-

DOWNLOAD/LER ONLINE: http://ultraje.pt/digital/appendix/appendix03.pdf
LER NO ISSUU: https://issuu.com/ultrajept/docs/appendix03

Ficou para trás mais um Vagos Metal Fest, que neste ano de 2018 viu a organização dar um novo passo em frente e apostar num formato composto por quatro dias e dois palcos. Neste número especial do Appendix, poderão ler a nossa reportagem do festival e uma entrevista com o promotor Luís Salgado, onde é efectuado um balanço desta edição. A Ultraje esteve atarefada no Vagos Metal Fest e isso pode ver-se nas restantes páginas do Appendix, que apresentam entrevistas realizadas nos bastidores do festival e onde o destaque vai para Ratos de Porão. João Gordo fala à Ultraje com alguma mágoa, explicando as razões pelas quais a banda do Brasil não se sente motivada para gravar um novo disco de originais.

Numa conversa bem-disposta que pecou por ter sido interrompida a meio, Tony Foresta dos Municipal Waste teceu comentários acerca da cena thrash e da recente tour norte-americana que fizeram em conjunto com os Exodus. Já os suíços Bölzer comentaram a notoriedade que alcançaram com “Hero”, o longa-duração de estreia editado pela Iron Bonehead em 2016.

O Vagos Metal Fest serviu também para pormos à prova o nosso novo modelo de negócios, que consiste em disponibilizar a Ultraje gratuitamente no formato físico. Com todas as unidades entregues a leitores ávidos por conhecer as novidades que marcam este Verão, e depois de vermos revistas enroladas nos bolsos daqueles que ousavam aventurar-se no moshpit, temos a esperança de que o público saiba reconhecer que o valor de um produto não se traduz pelo preço que apresenta. Para além dos leitores, resta-nos também agradecer às bancas que distribuíram a revista!

Features

[Exclusivo] Mastodon: “Sempre que voamos para o outro lado do Atlântico, Portugal tem de estar na lista”, diz Troy Sanders

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Será a 17 de Fevereiro que os Mastodon passam por Portugal para um concerto em Lisboa e, em conversa com a Ultraje, o baixista/vocalista Troy Sanders só tem coisas boas a dizer sobre o nosso país: «Portugal é um país muito belo e os fãs são dos mais fiéis que temos.» Todavia, a grande revelação do excerto que aqui partilhamos viria a seguir: «Deixa-me pôr isto de forma mais clara – demos a indicação específica ao nosso agente para não confirmar a digressão enquanto Portugal não estivesse confirmado. Sempre que voamos para o outro lado do Atlântico, Portugal tem de estar na lista. Ficámos bastante aliviados quando o nosso agente nos deu a confirmação do concerto em Lisboa, pois esta parte da digressão só aconteceu porque respeitaram a nossa exigência de tocarmos em Portugal, baseámos a digressão em redor de tocarmos aí. Estamos bastante ansiosos por chegar a Lisboa, pois não só o país é muito bonito, como as pessoas são fantásticas.»

Ao lado dos Mastodon actuarão os Kvelertak e os Mutoid Man. Os bilhetes podem ser adquiridos AQUI.

 

Continuar a ler

Features

Ghost – Capítulo VI: A Visita

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Mikael Eriksson

Numa clara alusão à digressão europeia que se avizinha, Sister Imperator está recuperada do seu acidente e recebe a vista de Cardinal Copia que, com Papa Nihil, sai do hospital rumo a um destino desconhecido. Um desses destinos, que Cardinal Copia não tem conhecimento, passará pelo Estádio do Restelo (Lisboa) onde Ghost, Metallica e Bokassa têm encontro marcado com o público português a 1 de Maio.

O álbum mais recente da banda liderada por Tobias Forge intitula-se “Prequelle” e foi lançado em Junho de 2018 pela Spinefarm Records.

 

 

 

Continuar a ler

Features

[Antevisão] XXXapada na Tromba 2019: brutalidade exemplar

Diogo Ferreira

Publicado há

-

É já nos próximos dias 18 e 19 de Janeiro que decorre, no RCA Club (Lisboa), o XXXapada na Tromba – Freak n’ Grind Fest 2019. Durante estes dois dias, com concertos a começar pelas 17:30 na sexta-feira e 17:00 no sábado, a capital será o ponto de encontro para os fãs de death metal nas suas variadas vertentes e grindcore.

Sexta-feira começa com Moñigo, Rato Raro, Dehydrated e Crepitation. Logo após a hora de jantar, sobem ao palco os Meat Spreader com o seu grindcore bem produzido e com influências punk como se pode ouvir no álbum “A Swarm Of Green Flies Over The Rusty Pot”. De Itália vêm os veteranos Cripple Bastards que se formaram no já longínquo ano de 1988 e estão actualmente ligados à Relapse Records; “La fine cresce da dentro”, de 2018, é o mais recente álbum da banda italiana e para além do grindcore apresenta também influências de thrash metal. Depois do Epicardiectomy, será a vez dos Inhume, banda holandesa que tem em “Moulding the Deformed” o disco mais recente lançado em 2010; o seu brutal death metal / grindcore está a ser comemorado com a compilação “Exhume: 25 Years of Decomposition” (2018). Recentemente regressados às lides, os norte-americanos Brodequin são um dos grupos mais esperados do primeiro dia do XXXapada; com três álbuns na discografia, “Instruments of Torture” (2001) é o grande marco sonoro da banda. Pela madrugada tocarão ainda os seminais portugueses Grog, que decerto promoverão um concerto coeso, e os alemães Satan’s Revenge On Mankind.

No sábado, o XXXapada terá a sua primeira parte composta pelos Annihilation, Undersave, Hymenotomy, UxDxS e Tu Carne. Pelas 21:30, os GUT, fundados em 1991, subirão ao palco do RCA Club com o seu death metal / grindcore obscuro, sujo e mid-tempo que não põe de lado algum experimentalismo e crossover. Após os consagrados nacionais Analepsy, os romanos Devangelic darão uma toada mais blasfema à festa do XXXapada com um brutal death metal compacto; “Phlegethon” data de 2017 e é o álbum mais recente. Nome apelativo é o dos holandeses Prostitute Disfigurement que contam com quase 20 anos de carreira; algures entre o death metal tradicional e o brutal, a banda aponta para novo disco neste ano de 2019. O festival encerrará com o famoso happy/party grindcore dos reconhecidos além-fronteiras Serrabulho e com os sexuais Pornthegore.

Os bilhetes diários estão disponíveis através do endereço xxxapada.fest@gmail.com e têm o custo de 25€ em pré-venda. No dia do evento, o valor será de 30€. Os bilhetes para os dois dias do festival ainda se encontram disponíveis pelo valor de 40€ e podem ser comprados através do e-mail disponibilizado ou na Clockwork Store (Lisboa) e na Bunker Store (Porto). No dia do festival, o valor será de 50€ e limitado ao stock existente.

O evento no Facebook pode ser acedido aqui.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #19