Ashcloud “Kingdom of the Damned” [Nota: 7/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Ashcloud “Kingdom of the Damned” [Nota: 7/10]

Ashcloud_-_Kingdom_of_the_DamnedEditora: Xtreem Music
Data de lançamento: 20 Junho 2017
Género: death metal

Divididos em três nacionalidades (inglesa, sueca e suíça), o trio – que até há bem pouco tempo era um duo – avança com terceiro álbum, e é logo na inaugural “Among the Grotesque” que se apanham as primeiras mudanças estéticas em relação aos dois trabalhos anteriores. Na actualidade da banda note-se que “Kingdom of the Damned” é muitíssimo mais dinâmico ao invés do death metal pneumático de há um ou dois anos, originando assim uma audição muito mais prazerosa e fazendo bater palmas por isso.

Talvez influenciado por ter ouvido muitas vezes “Suspended in Death” – a primeira amostra revelada –, aponto esta faixa como uma das melhores do disco, especialmente devido à guitarra lead melódica e espaçada entre notas. E é muito por aí que o disco na sua generalidade vai, ao encontro de uma melodia pouco utilizada antes e que agora é apresentada como batuta essencial. De resto, a banda usa as ferramentas convencionais do swedeath metal, com malhas de ritmo a soar a motosserra, bateria apunkalhada tum-pá-tum-pá e guturais vindos das entranhas.

É sempre um agrado dizer que esta ou aquela banda inovou nisto ou naquilo, mas quando assim não é, então é bom que façam as coisas em condições dentro do que já se conhece. Os Ashcloud não trazem nada de novo ao death metal, mas trazem a si próprios – tem que se começar por algum lado. Quem conhece a banda ficará especialmente agradecido por estes gajos não terem parado de tentar encontrar uma melhor sonoridade, e assim apresentam um álbum muito competente.

7/10
Topo