Atena “Possessed” [Nota: 6.5/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Atena “Possessed” [Nota: 6.5/10]

rsz_cover_1440x1440Editora: Indie Recordings
Data de lançamento: 27 Outubro 2017
Género: metalcore

Explorando depressão, ódio e medo do desconhecido, os noruegueses Atena oferecem, com este “Possessed”, uma mistura interessante de metalcore e deathcore através de 11 temas maioritariamente modernos. Há groove a rodos com riffs quebrados – especialmente nas primeiras faixas –, berros diversificados que ora são guturais ora são mais agudos e, claro, aquela choradeira típica com refrãos desenvolvidos sob as vozes limpas. Mas o melhor deste álbum passa pela inclusão de vários artefactos estranhos à música pesada que, afinal de contas, começam a não ser nada estranhos já que o metal está a passar por uma fase de experimentação extrema. Há pop em “Argument” e “Done with the Darkness”, um retrocesso a 2001 com um segmento rap em “Death Eating” e muitos arranjos sonoros que vão desde maquinarias a orquestrações e coros, sendo estes três pozinhos o que deverá ser mais atractivo.

Ao terceiro álbum, os Atena garantem que querem mudar o paradigma da cena metal norueguesa – uma atitude imensamente altiva para uma banda que vem do país do black metal e que envereda por um caminho altamente competitivo entre o metalcore e o deathcore. Mas o que somos nós sem sonhos? Nada. Podemos é andar nesse meandro tempo demais e que se mostrará ser perdido. E é aqui que se pergunta: serão os condimentos extra-metal o suficiente para singrar? Para já, parece que os Atena poderão estar em águas de bacalhau, mesmo que este “Possessed” não seja nada de se deitar fora.

 

6.5/10
Topo