Crone “Godspeed” [Nota: 7/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Crone “Godspeed” [Nota: 7/10]

a3839608597_10Editora: Prophecy Productions
Data de lançamento: 13 Abril 2018
Género: dark rock

Liderados e delineados por Phil ‘sG’ Jonas (Secrets of the Moon) e Markus Rezenbrink (Embedded), os dark rockers Crone avançam com o álbum “Godspeed” numa oferta conceptual que versa sobre tragédias reais e acontecimentos misteriosos. Por exemplo, “The Ptilonist” é sobre o inventor e paraquedista Franz Reichelt que saltou da Torre Eiffel para a sua morte quando decidiu testar a sua invenção e “H” presta homenagem à actriz Peg Entwistle que, em 1932, saltou para o suicídio desde a letra H do famoso Hollywood Sign.

Ao longo de oito faixas, os alemães oferecem um dark rock envolvente com riffs que se distribuem por incursões distintas que tanto podem ser pesadas, como ecoadas e/ou melódicas. Com um sentido de tributo póstumo a todos estes eventos trágicos, “Godspeed” é, claro, um álbum melancólico que ganha maior condição quando se adicionam refrãos catchy ou arranjos orquestrais muito esporádicos. Se por um lado há a energia do rock alternativo, por outro há atmosfera do shoegaze que pode não ser ponto principal do disco mas que existe, especialmente através da voz e dos ambientes ecoados oriundos de ferramentas como o feedback das guitarras. Mais: há ainda um pozinho de post-grunge quando as guitarras entram naquele mid-tempo depressivo ou reminiscências de David Gilmour quando se choram solos.

Crone é indicado para fãs de Alice In Chains, Alcest, Crippled Black Phoenix, 1476 e Subvision.

7/10
Topo