Reviews avulso: Deathless Legacy | Dying Whale | Yggdrassil | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Reviews avulso: Deathless Legacy | Dying Whale | Yggdrassil

SC_313_WebDeathless Legacy “Dance With Devils” [Nota: 6.5/10]
Editora: Scarlet Records
Data de lançamento: 27 Janeiro 2017
Género: heavy metal

Musical e tematicamente conotados ao horror e bruxaria, os italianos Deathless Legacy abrem mais um capítulo do seu livro com o novo álbum “Dance With Devils”. A base deste quinteto+2 (visto dois dos membros femininos serem performers) é heavy metal, mas os teclados adicionam aquela veia sinfónica que neste disco tem por intento introduzir sensações do oculto e até alguma comédia (basta ver o clip de “Witches’ Brew”). Tudo isto aparenta à existência de um grandioso álbum – e tem bons apontamentos nos arranjos de teclados –, mas, e apesar do kick sonoro que se sente, falta aqui qualquer coisa! Os Deathless Legacy, e em especial neste “Dance With Devils”, têm tudo para oferecer momentos de heavy metal mágico, mas quando as faixas deviam atingir o seu auge nos refrões a banda deixa escapar essa oportunidade ao não incutir a catchiness suficiente. Depois, a fraca dicção da língua inglesa também desajuda, sendo mesmo irritante, e faz com que nem sempre percebamos a história cantada, o que nesta banda é algo muito importante.

 

-/-

Dying-Whale-Last-Moments-Of-Misery-web-1024x1024Dying Whale “Last Moments Of Misery” [Nota: 6/10]
Editora: Nefarious Industries
Data de lançamento: 03 Fevereiro 2017
Género: punk-hardcore

Se esta review fosse tão rápida e furiosa como muitos dos temas do novo álbum dos Dying Whale, então já estava escrita. O punk-hardcore reina neste “Last Moments Of Misery”: pouca melodia, muita berraria, velocidade e raiva a rodos. Podia dizer-se que estamos perante um disco de puro punk-hardcore, mas seria mentira, porque, e à custa do multifacetado guitarrista Josh Zorn, há por aqui algum sludge com riffs que esmurram em contraste com os mais corridos relacionados ao punk. Muito menos melow do que muita banda de post-hardcore/screamo da última década, talvez fosse assim que soassem uns All Else Fails se não tivessem enveredado por um caminho mais metalcore e amigável. Nota final para uma produção a roçar o cru que torna tudo mais honesto dentro do possível.

-/-

Yggdrassil_-_All_Shall_BurnYggdrassil “All Shall Burn” [Nota: 5/10]
Editora: Art Gates Records
Data de lançamento: 20 Janeiro 2017
Género: death metal melódico

Os Amon Amarth e as séries de TV abriram a Caixa de Pandora. Parece que qualquer fã da cena que saiba pegar numa guitarra está condenado a criar peças como esta. Os Yggdrassil são espanhóis e podiam muito bem ser uma banda de covers de Amon Amarth. Não fazem versões dos suecos, mas a sonoridade, as técnicas e as abordagens musicais estão todas aqui neste “All Shall Burn” – é assim na primeira faixa e é assim até à última (e ainda são dez!). Provavelmente está tudo dito: um grupo de espanhóis a tentar ser Viking e que pega numa receita de sucesso, mas em nada a salpica com algo seu. Pesando a temática, a produção, a técnica e até a vontade de se ouvir este álbum, a nota final não consegue passar do mediano.

Topo