Encircling Sea “Hearken” [Nota: 8/10] – Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Encircling Sea “Hearken” [Nota: 8/10]

912204Editora: EVP Recordings
Data de lançamento: 06 Abril 2018
Género: post black metal / sludge metal

“A Forgotten Land”, de 2013, não só é o terceiro álbum dos australianos Encircling Sea como também é o melhor. Mesmo que, nos últimos cinco anos, a banda não tenha estado activa no que a lançamentos diz respeito, sabia-se que esse “A Forgotten Land” precisava de um sucessor e eis que surge com “Hearken”. Mais: não só precisava de um sucessor como também precisava de um à altura, e isso é a parte mais complicada se olharmos para o disco de 2013 como um trabalho muito próximo da perfeição.

Mesmo que a inclinação sludge se faça sentir ao longo da discografia, “A Forgotten Land” estava mais absorvido em faixas de longa-duração relacionadas ao post e atmospheric black metal. Com “Hearken”, o trio continua numa senda post metal, mas a base sludge metal está muito mais evidente numa combinação esmagadora entre guitarras ásperas e bateria dinâmica que se desenvolve em segmentos muitas vezes mid-tempo, sem esquecer a voz poderosa e rouca de Rob Allen. As faixas continuam a ser compridas – à volta dos 9-10 minutos – e o melhor é que se mantêm cativantes com um sentido melódico, ainda que muito negro, omnipresente e com estruturas que confrontam a agressividade com a introspecção – a metáfora instrumental perfeita para a luta constante entre o mundo industrializado e a beleza, que devia ser intocável, da Natureza. Contudo, aquilo que fez de “A Forgotten Land” um álbum grandioso surge na segunda metade deste “Hearken” com composições velozes, atmosféricas e transcendentais a nível melódico que poderão ser indicadas para fãs de Wolves In The Throne Room, Panopticon e Falls Of Rauros.

8/10
Topo