#ChooseUltraje

Notícias

[Eventos] The Body & Full Of Hell em Portugal no próximo mês de Abril

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Depois de divulgada a colaboração entre os The Body e os Full Of Hell – notícia que pode ser lida AQUI -, é agora anunciado que as duas bandas estarão em Portugal no próximo mês de Abril.

Na minuta pode ler-se:

«A erupção do Amplifest será antecedida por duas premonitórias nuvens de fumo negro, com os The Body e os Full of Hell a apresentarem-se em Lisboa e no Porto para duas Amplifest Sessions. A marcha dos The Body é lenta e pesada, enquanto os Full of Hell correm veloz e caoticamente, mas o destino e o propósito de ambos são idênticos: elevar o negrume e a fealdade a niilistas descargas de decibéis que afrontam os limites da música e da psique.

Inumana e anti-humana, a música dos The Body é a macabra criação de quatro mãos decididas e uma voz lancinante – a dupla é formada pelo vocalista/guitarrista Chip King e pelo baterista Lee Bufford – que, adjuvadas por uma parede de amplificadores, arquitectam uma imprevisível e perturbadora teia de doom, sludge e noise. Após uma série de colaborações, os The Body estão prestes a regressar às edições em nome próprio com o apropriadamente intitulado “No One Deserves Happiness”, que sairá de novo sob a chancela Thrill Jockey, e que apresentarão nesta sua estreia em Portugal, para além de revisitarem a sua também fundamental discografia anterior.

Depois da estreia no Amplifest 2015, os Full of Hell regressam a Portugal para reiterar que a juventude não é sinónimo de imaturidade: apesar da tenra idade dos músicos, são são já das mais relevantes e inovadoras forças do movimento grindcore, estilo a que amalgamam virulentas descargas de harsh noise. Depois de uma colaboração com o mestre nipónico Merzbow, o próximo trabalho tratar-se-á, justamente, de um esforço conjunto com os colegas de estrada The Body, que carregará o selo Neurot Recordings.

As duas bandas apresentarão sets completos, em formato de co-headline, e as datas estão já marcadas: 25 de Abril no Musicbox, em Lisboa, e no dia seguinte no Cave 45, no Porto.»

Bilhetes já à venda na Amplistore:
10€ apresentando o passe do Amplifest na altura da compra e novamente à porta;
15€ normal.

E muito em breve nas seguintes lojas:
Louie Louie (Porto)
Matéria Prima (Porto)
Piranha (Porto)
Black Mamba (Porto)
Bunker Store (Porto)
Glamorama (Lisboa)
Vinil Experience (Lisboa)
Flur (Lisboa)

ImageProxy (1)

 

Notícias

Fleshgod Apocalypse celebram novo álbum com o single “Worship and Forget”

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Dave Tavanti

O quinto álbum dos Fleshgod Apocalypse intitula-se “Veleno” e é lançado hoje, 24 de Maio, pela Nuclear Blast. Depois de “Sugar” e “Carnivorous Lamb”, a banda celebra o novo intento discográfico com “Worship and Forget”.

Os italianos são uma das bandas a actuar no Laurus Nobilis Music de 2019, que se realiza entre os dias 25 e 27 de Julho em VN de Famalicão. Hypocrisy, Samael, Soilwork, Entombed AD e Crematory são outras bandas de renome incluídas no cartaz.

Continuar a ler

Notícias

Possessed: vídeo de “Graven”

Diogo Ferreira

Publicado há

-

O novo álbum dos padrinhos do death metal Possessed intitula-se “Revelations Of Oblivion” e foi lançado a 10 de Maio pela Nuclear Blast.

Depois dos singles “No More Room in Hell” e “Shadowcult”, a banda veterana avança com o vídeo de  “Graven” que serve essencialmente para promover a próxima digressão.

A banda liderada por Jeff Becerra passará por Portugal para duas datas:

Continuar a ler

Notícias

Alase: novo single “Riisuttu”

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Sakke Paavola & A. Aho

Cantado em finlandês, abaixo podes ouvir “Riisuttu”, o novo single dos Alase. O tema pertence ao muito aguardado primeiro álbum “Vastaus”, que será lançado a 7 de Junho pela Inverse Records.

Com todas as suas influências combinadas entre metal progressivo, post-rock e alt-rock, o guitarrista Janne Lunnas diz que «”Riisuttu” é a canção mais versátil» que alguma vez fizeram. «Esta música representa bem a nova direcção musical que começámos a tomar e é muito boa de se tocar ao vivo», conclui.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #21