Meyhnach “Non Omnis Moriar” [Nota: 2/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Meyhnach “Non Omnis Moriar” [Nota: 2/10]

Meyhnach_Non_Omnis_Moriar_coverEditora: Osmose Productions
Data de lançamento: 24 Novembro 2017
Género: black metal

Fundador de Mütilation (banda de culto da cena black metal francesa) e com passagem pelos Hell Militia, Meyhnach volta a dar ar de si, desta vez em nome próprio com o álbum “Non Omnis Moriar”. Conhecido também pelo seu black metal cru, o francês incorre praticamente pelos mesmos caminhos de sempre ao apresentar-se totalmente minimalista em termos de composição de guitarras e bateria, o que não abona nada a favor deste regresso. Não há muita hipótese de estarmos aqui com rodeios: “Non Omnis Moriar” é um álbum muito fraco. Sim, podem existir coisas simplistas e minimalistas boas, mas não é o caso com Meyhnach. Ingénuo e dissonante, este disco apresenta pouca paixão e muito pouca inspiração, como se o artista se estivesse a marimbar para o resultado final ou então é mesmo isso que queria, pretendendo apenas mandar cá para fora aquilo que lhe surgia no momento. É claro que, e olhando para trás, Meyhnach pouco ou nada quer saber do que se pensa fora do seu ambiente, mas o que é facto é que as malhas de guitarra são insípidas e o ritmo vocal monocórdico acaba por irritar – nem mesmo a inclusão de artefactos industriais salva este disco. Resta-nos sublinhar o evidente: por alguma razão o francês estava meio desaparecido da cena – este retorno aos lançamentos discográficos é só uma possível prova da falta de ânimo por parte de Meyhnach. O homem deve estar mesmo chateado com alguma coisa.

2/10
Topo