Overtures “Artifacts” [Nota: 8/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Overtures “Artifacts” [Nota: 8/10]

568822Editora: Sleaszy Rider Records
Data de lançamento: 27 Maio 2016
Género: heavy metal melódico

Fala-se em Itália e a maioria das vezes vem-nos à memória pizzas, pintores famosos ou Ferrari (há ainda quem pense na Cicciolina, no Berlusconi ou nos Jersey Shore guidos). E se as palavras forem “sul de Itália” faz-nos automaticamente pensar na Máfia. Mas, e se eu vos disser que no sul deste país também existe uma certa tradição no heavy metal melódico? Bem, temos aqui uma banda  que não deixa margem para dúvidas.

Os Overtures são naturais do sul de Itália, nomeadamente da localidade de Gorizia, e andam neste negócio da música desde 2003. Este é o seu quarto álbum, e os três álbuns anteriores valeram-lhes tours junto a bandas como Almah, Secret Sphere e Threshold.

Em “Artifacts”, e ouvindo com atenção todo o álbum, deparamo-nos não só com o metal melódico, mas temos também progressive metal, power metal e até hardrock. Os refrões, sempre bastante melódicos atiram a voz do vocalista Michele Guaitoli para uma semelhança a Bruce Dickinson, mesmo que apenas por breves segundos. Mesmo a composição das músicas faz por vezes lembrar Iron Maiden e até os Europe. Mas os Overture criam um ambiente sinfónico diferente e com qualidade. Pecam apenas por não trazerem nenhuma novidade. No entanto têm apontamentos sublimes, como na música “Teardrops”, nomeadamente ao minuto 5”32, indo até ao minuto 6”35 com uma bela junção de cordas, piano e uma voz lamechas capaz de pôr o Don Corleone a chorar baba e ranho e a querer o colinho da mamã enquanto bebe o capuccino acabadinho de fazer.

No final, resulta um disco equilibrado, bem produzido e misturado, com guitarras repletas de riffs, licks e outras guloseimas metálicas. Um doce para os amantes do heavy metal melódico.

 

8/10
Topo