Reviews avulso: Sacred Oath | Fading Azalea | Vhäldemar | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Reviews avulso: Sacred Oath | Fading Azalea | Vhäldemar

643905Sacred Oath “Twelve Bells” [Nota: 7/10]
Editora: Angel Thorne Music
Data de lançamento: 12 Maio 2017
Género: heavy metal

Fundados em 1984 e considerados por alguns como uma das bandas seminais do power metal norte-americano, os Sacred Oath só começaram a ter consistente actividade já no Séc. XXI. Precisamente 30 anos depois do primeiro disco, “Twelve Bells” é o oitavo trabalho. Sempre com um sentido de antiguidade que cai muito bem na actualidade, este álbum sabe mesmo bem ouvir. Podemos aplicar o termo ‘verdadeiro’ ao seu heavy metal e partir daí para outras incursões mais speed e thrash metal. “Twelve Bells” é maioritariamente energético e ganha grande vigor quando as twin-guitars entram em acção, o que será, sem dúvida, o melhor deste regresso. Os fanáticos do heavy metal antigo sairão satisfeitos!

 

-/-

rsz_maze_of_melancholy_album_coverFading Azalea “Maze Of Melancholy” [Nota: 6.5/10]
Editora: independente
Data de lançamento: 01 Março 2017
Género: symphonic metal

Duo composto pela vocalista/guitarrista/teclista Olivia e pelo baterista Alexander Winald, os Fading Azalea estão no purgatório do death metal e heavy metal, juntando-se tudo numa jornada sinfónica e épica. Cheios de pujança e intenção de fazer uma coisa diferente, a produção podia ser um bocadinho mais envolvente, mas isso poderá ser esquecido quando os bons leads de guitarra entram cena, criando uma dicotomia entre o death metal da bateria e o heavy metal das seis cordas. O mesmo poderá acontecer quando o fundo sonoro é agressivo, mas a frente é melódica e suave (por vezes operática) com a voz de Olivia. Por fim, mencionar que o grupo tenta aqui e ali embarcar em viagens progressivas que poderão vir a ser mais impressionantes no futuro.

 

-/-

Vhaldemar_-_Old_Kings_12x12cmVhäldemar “Old King’s Vision” [Nota: 6/10]
Editora: Fighter Records
Data de lançamento: 04 Maio 2017
Género: power metal

Depois de quatro álbuns entre 2002 e 2013, os espanhóis Vhäldemar pararam um pouco e só agora, em 2017, voltam com o EP “Old King’s Vision” que antecede o álbum “Against All Kings”, a ser lançado em Outubro próximo. Com três faixas originais, um interlúdio e uma cover final à “Gorgar”, dos Helloween, o quarteto fornece-nos um power metal rapidinho com riffs à speed/thrash metal e teclas algures entre o festivo e um teor que nos remete fantástico. “Howling at the Moon” será o melhor tema deste regresso com uma veia vincadamente germânica. Engraçado na sua generalidade, mas claramente um EP de corte e costura que muito pouco acrescentará ao catálogo do grupo.

Topo