Satyr fala sobre o lado espiritual do novo álbum de Satyricon (com lançamento em Setembro) | Ultraje – Metal & Rock Online
Notícias

Satyr fala sobre o lado espiritual do novo álbum de Satyricon (com lançamento em Setembro)

Oslo 05072017. Photo: Marius Viken

Oslo 05072017. Photo: Marius Viken

“Deep calleth upon Deep” é o título do novo álbum de Satyricon e será lançado a 22 de Setembro pela Napalm Records. O disco com oito faixas e capa de Edvard Munch (1863-1944) foi gravado entre Oslo (Noruega) e Vancouver (Canadá) durante o início de 2017 (como mostrámos AQUI e AQUI), já a mistura foi realizada em conjunto com Mike Fraser (que já tinha trabalhado com a banda em “Now, Diabolical” de 2006).

Com palavras iniciais fortes sobre “Deep calleth upon Deep”, Satyr atira: «Ao abordar este lançamento tive sempre em mente que isto seria o início de algo novo ou seria o meu último disco. Se for o último, então tem de ser algo especial. Se houver mais discos, então tenho de ter a certeza que é tão diferente do anterior de modo a fazer sentir que é um novo início.» O norueguês acaba mesmo por considerar o disco vindouro um trabalho «muito negro, muito espiritual e repleto de confiança e energia».

Em pleno 2017, “Deep calleth upon Deep” não é, de facto, apenas mais um álbum de Satyricon e de black metal, mas sim a certeza da vida e a vitória de Satyr contra um tumor cerebral. Considerado pela Napalm Records um álbum que projecta a essência de Satyricon, o vocalista afirma que é assim que vê qualquer tipo de arte: «Seja Satyricon ou outra forma de arte com substância, para absorveres e perceberes completamente tens de dar um pouco de ti também.»

A banda andará na estrada durante Setembro, Outubro e Novembro, mas sem nenhuma data para Portugal até ao momento, sendo que Madrid (Sala But) é o concerto mais próximo a realizar-se no dia 4 de Outubro.

751_Satyricon

Topo