#ChooseUltraje

Features

Semana Bizarra Locomotiva: Os álbuns que mudaram a vida de Rui Sidónio

Joel Costa

Publicado há

-

Os Bizarra Locomotiva não só foram os precursores da música industrial no nosso país, como alcançaram o estatuto de principal referência do género no panorama musical português. Na primeira publicação da Semana Bizarra Locomotiva, o vocalista e letrista Rui Sidónio fala à Ultraje sobre alguns dos álbuns que mudaram a sua vida, apresentados por ordem cronológica. Haverá muito mais para descobrir nos próximos dias!

Iron Maiden
“Live After Death”
[1985, EMI]

«O primeiro disco que julgo que terá mudado mesmo a minha vida foi o “Live After Death”, dos Iron Maiden, que é capaz de ter sido um disco que me fez gostar de música a sério, de procurar música e não ouvir só aquilo que passava na rádio. Depois, há uma influência muito grande do Bruce Dickinson na minha maneira de estar em palco, que não é assim óbvia em termos de sonoridade mas que foi, se calhar, o único vocalista de quem eu realmente fui mesmo fã na idade em que nós podemos ser fãs a sério de alguma coisa.»

Sepultura
“Beneath The Remains”
[1989, Roadrunner]

«Foi a primeira vez que eu tive um contacto a sério com o gutural. Na altura, eu já cantava em algumas bandas com pessoal do meu bairro – e a palavra se calhar era mesmo cantar, eu tentava cantar – e a partir dali passei a berrar tudo o que fazia e a sentir-me muito mais confortável. Devo isso a esse chapadão no focinho que foi o “Beneath The Remains”.»

Nine Inch Nails
“The Downward Spiral”
[1994, Nothing/Interscope]

«Foi um disco que me bateu imenso numa altura em que já fazia música mas que me fez cimentar um bocado esta parte industrial, sem ir pelo mesmo caminho.»

Deftones
“White Pony”
[2000, Maverick]

«Por último, e talvez o menos óbvio, “White Pony” dos Deftones. Não tanto por me influenciar, mas foi um disco que ouvi durante três anos seguidos e que me surpreendeu. Os Deftones seriam uma banda de nu-metal e era um subgénero que me passava completamente ao lado. Este disco apanhou-me numa fase da vida em que me disse imenso.»

Visita a loja online da Rastilho para conheceres as últimas novidades discográficas dos Bizarra Locomotiva, entre elas o mais recente longa-duração “Mortuário” e a re-edição do “Álbum Negro”.

A Ultraje volta com a Semana Bizarra Locomotiva amanhã, dia 4 de Setembro, com um novo artigo.

Features

Nuno Bettencourt, Tom Morello e Scott Ian tocam tema de Game Of Thrones

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Consagrada como uma das séries mais populares de sempre, Game Of Thrones, que terminou na última madrugada, teve a capacidade de exultar nos seus fiéis seguidores todas as emoções desde o seu início com o genérico criado por Ramin Djawadi.

No clip abaixo, Djawadi é acompanhado por Dan Weiss (criador da série), Tom Morello (Rage Against The Machine), Scott Ian (Anthrax), Nuno Bettencourt (Extreme) e Brad Paisley numa jam session com as novas guitarras Fender em que tocam precisamente o tema principal de Game Of Thrones com muito free-style solista pelo meio.

Continuar a ler

Features

Sabaton History Channel, ep. 15: o Barão Vermelho

Diogo Ferreira

Publicado há

-

No novo episódio do Sabaton History Channel, Joakim Brodén e Indy Neidell escolhem falar do tema “The Red Baron” que pertence ao próximo álbum “The Great War”, a ser lançado a 19 de Julho pela Nuclear Blast.

O Barão Vermelho é um do ícones heróicos da I Guerra Mundial que, simultaneamente, engloba a mecanização e a romantização da guerra moderna com as suas habilidades e heroísmo. Manfred von Richthofen é o nome verdadeiro do piloto que é, então, recordado em mais um episódio do Sabaton History Channel.

Mais episódios AQUI.

Continuar a ler

Features

Jinjer ao vivo no Resurrection 2018 (c/ vídeo)

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Veronika Gusieva

Abaixo podes assistir à prestação dos Jinjer no Resurrection de 2018. Recentemente disponibilizado pelo próprio festival, este vídeo servirá para aguçar a vontade que os fãs desta banda têm para os ver no Vagos Metal Fest deste ano. Nos quase 40 minutos de concerto, os Jinjer executaram temas como “Words Of Wisdom”, “I Speak Astronomy”, “Pisces” ou “Captain Clock”.

O EP “Micro”, lançado em Janeiro de 2019 pela Napalm Records, é o registo mais recente dos ucranianos que, como referido, actuarão no Vagos Metal Fest, evento que se realiza entre 8 e 11 de Agosto. Stratovarius, Six Feet Under, Satyricon, Candlemass, Death Angel, Watain e Alestorm são alguns dos nomes do cartaz.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #21