[Reportagem] Slayer @ Coliseu de Lisboa: do caraças! | Ultraje – Metal & Rock Online
Features

[Reportagem] Slayer @ Coliseu de Lisboa: do caraças!

slayer_promo

Slayer + Rasgo @ Coliseu (Lisboa) – 05/06/2017

-/-

Concerto de Slayer é dia de celebração. De regresso a Portugal, sem Dave Lombardo e Jeff Hanneman mas com um Coliseu de Lisboa cheio e sedento de rever a banda norte-americana, a noite foi grandiosa, diria, perfeita. Com Tom Araya a pedir desculpa pela rouquidão (não se notou nada), Kerry King embrenhado nas suas correntes, Gary Holt sempre na boa como se não fosse nada com ele e Paul Bostaph a cumprir, os reis do thrash metal arrancaram uma prestação majestosa onde não faltou nada. Em primeiro lugar, Slayer é para se ver em recinto fechado, é aí que todo o poder da banda se aglomera e faz jus à sua reputação. Depois, o jogo de luzes, fundamental para as músicas ganharem a sua verdadeira dimensão. O som esteve imaculado, principalmente o das guitarras, um poder de fogo sem concorrência. A abrir com o (já) clássico “Repentless” (que dá nome ao último de originais), seguiram-se “Seasons In The Abyss”, “Mandatory Suicide”, “South Of Heaven”, “Die By The Sword”, “Postmortem”, “Hell Awaits”, “Raining Blood”, entre outras. Um alinhamento de luxo, “cantado” a plenos pulmões pelos presentes. A lembrar os concertos do antigo Dramático de Cascais, esta foi uma daquelas noites que ficará na nossa memória durante muitos anos e também de Kerry King, que tardou em abandonar o palco da mítica sala lisboeta. De coração cheio, aposto.

Na primeira parte estiveram os nacionais Rasgo. Apesar de serem uma banda recente no panorama português (o primeiro disco está para breve), o quinteto é formado por elementos com vasta experiência acumulada no meio. O som esteve absurdamente alto, mas a banda – visivelmente emocionada pela oportunidade – cumpriu a sua missão de 30 minutos e deixou boa impressão. “Ecos da Selva Urbana”, “Homens ao Mar (Puxa)”, “Ergue a Foice”, “Propaganda Suicida” ou o single de apresentação “Vulgo Vulto” fizeram desta estreia um momento importante e que lhes dará um óptimo boost em início de carreira.

16003263_10154778892730390_7264016534657848408_n

Topo