Spirit Adrift “Curse Of Conception” [Nota: 7/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Spirit Adrift “Curse Of Conception” [Nota: 7/10]

rsz_spiritadrift_coverEditora: 20 Buck Spin
Data de lançamento: 06 Outubro 2017
Género: doom metal

Quem segue Spirit Adrift desde o início – e isso é um processo que a Ultraje tem feito, como podes ver aqui – sabe que há uma constante progressão na arte de refinar as composições e o estilo. Sempre numa toada doom, o projecto vê-se agora mais distante de trajectos stoner/sludge e até se afasta um pouco de influências primárias de ícones como Black Sabbath. Prova disso mesmo é o início melódico da inaugural “Earthbound” que nos relembra Metallica – e não, não se trata de um álbum thrash, o doom tradicional está bem patente neste “Curse Of Conception”, mas Nathan Garrett nunca se deu bem com abordagens confortáveis e assim oferece uma nova ferramenta à sua banda: a tal melodia mais cativante que faz com que algumas bandas metal sejam mais atractivas ao grande público. E, se neste momento, estás a achar que Garrett se vendeu, então temos de sublinhar que isso não é verdade. A base, como já foi referido, é puro doom clássico com alguns riffs arrastados mas agora menos gordos, o que facilita a existência de mais detalhe, e até abordagens groovadas naquela onda sulista dos EUA.

Indicado para fãs de Khemmis, Spirit Adrift já não é novidade nenhuma para a redacção da Ultraje e isso até pode soar parcial caindo-se no erro de não elogiar como se devia ou espelhar-se uma nota com diferenças decimais em relação aos trabalhos anteriores, mas na verdade “Curse Of Conception” é um passo em frente.

7/10
Topo