[Reportagem] SWR Barroselas Metalfest: a caminho do Wacken Open Air (dia 0) | Ultraje – Metal & Rock Online
Features

[Reportagem] SWR Barroselas Metalfest: a caminho do Wacken Open Air (dia 0)

16508477_1549647078409622_5322755778293464_n

Porco no espeto, wook ou kebab. A escolha tornava-se difícil neste dia que marcava o pontapé de saída da vigésima edição do SWR. Como já é hábito, o bar, em posição central, é o ponto de recolha de líquidos, verdadeiros combustíveis para uma noite que se previa memorável.

Cinco bandas nacionais, e uma convidada, garantiam o cartaz de arranque de uma edição que tem tudo para se tornar histórica. Cinco bandas nacionais, mais uma vez, frente a frente, à procura de garantir a presença no Wacken, o festival dos festivais, no que toca a metal.

O sorteio tinha determinado que os Destroyers Of All teriam a responsabilidade de lançar a primeira pedra do festival, e não se fizeram rogados, descarregando toda a sua irreverência demonstrando estar bem à altura do exigido.

Aos Toxikull coube a difícil tarefa de dar seguimento às hostilidades. Sem acusarem a responsabilidade, apresentaram o seu heavy metal musculado, contornado de forma exímia os problemas técnicos com que se depararam, premiando a plateia com uma excelente sequência de solos de guitarra.

rsz_img_0261_1Analepsy

Uma sala cheia foi o que recebeu os Analepsy. Já bem aquecido pelas prestações anteriores, o público entrou em verdadeira ebulição quando começaram a soar os riffs intensos que trouxeram a avalanche de brutalidade contida que é Analepsy.

Depois da tempestade vem a calma… Ou talvez não. O regresso do heavy metal pela mão dos Deadly Force encerrou com chave-de-ouro a batalha. Agora só faltava saber qual era a banda vencedora. Mas a noite ainda não tinha terminado, pois o palco ainda ia receber os Test. Um duo do Brasil, cujo estilo muito pessoal de grind misturado com tudo e mais alguma coisa, teve grande adesão por parte do público presente.

Enquanto os Test actuavam, o júri deliberava, e a decisão não se antevia fácil. No final, e após os devidos agradecimentos, foi anunciado que seriam os Analepsy a ter a honra de defender o vermelho e o verde na Alemanha, mais propriamente, no Wacken Open Air.

rsz_img_0319Test

Topo