#ChooseUltraje

Notícias

The Black Wizards: Magia Negra no Halloween do GrETUA

Publicado há

-

Quando foi a última vez que mencionaste o “Dia de Todos os Santos”?
Nos cadernos, é assim que a Assembleia da República refere oficialmente o feriado de 1 de Novembro, embora os deputados da nação cedam ao disfarce a 31.
Dia das bruxas – na versão mais tuga -, ou cagando nas merdas, o Halloween.

Há muito que cedemos a esta americanização que, sob o efeito dominó dos novos tempos, engoliu meio mundo de máscaras e alegorias. Nada contra.

Vemos como um dos melhores efeitos da globalização esta troca de festividades que nos acrescentam dias de farra ao calendário. Celebre-se, assim, o Halloween, o Oktober Fest, o Hanukka e demais celebrações que nos enriqueçam o quotidiano.

Porque se é na festa que as culturas encontram o seu maior ponto em comum, há que festejar qualquer festança independentemente da origem e/ou conteúdo. Com a cultura importada, desta feita, o Halloween é esse motivo de festa.

 

Abra Macabra celebra-se a 31 de Outubro, no espaço GrETUA (Aveiro), onde todos somos convidados a cair no feitiço de Halloween, e com The Black Wizards a encabeçar as responsabilidades da feitiçaria musical.

Apesar de jovens, são velhos conhecidos do nosso radar e dispensam quaisquer apresentações, mas nunca é excessivo destacar um pouco da história a celebrar. Nascidos do caldeirão do stoner nacional, cedo se tornaram numa das referências do panorama através dos riffs inspirados nos 70s dos Black Sabbath e/ou Led Zeppelin, apesar de terem nascido bastante depois dessa década dourada.

“Lake Of Fire” – disco de estreia, editado em 2015 – mostrou que o quarteto conseguia confirmar as boas recepções do antecessor EP “Fuzzadelic”: uma das melhores coisas que aconteceram ao rock em Portugal.

A apresentação do seu segundo longa-duração, “What The Fuzz”, corroborou a ideia já definida: os The Black Wizards são um peso pesado da música que se faz de riffs na mão, intercalados com um baixo cheio de groove a rasgar a assertiva percussão da bateria.

 

Os seus discos carregados de fuzz, trazendo a efervescente sonoridade das suas inspirações para os novos tempos, levaram a que cedo entrassem no roteiro musical do stoner/psicadelismo do Velho Continente.

De momento, contam com duas tournées europeias e uma legião de fãs que começou no eixo Famalicão – Lisboa e chegou ao eixo Lisboa – Helsínquia, com passagens por festivais como o DesertFest (Berlim), o Red Smoke Festival (Polónia) ou ainda o Sonic Blast Moledo.

A paragem de destaque é, agora, o espaço GrETUA, encabeçando uma noite que se faz de festa obscura.

O som clássico mas actual do rock n’ roll tomará conta da festa de 31 de Outubro, que conta ainda com os sets de DJ Ideal e Pr1me Sinister para ajudarem na destrutiva missão.

Mais info aqui.

Notícias

Fleshgod Apocalypse celebram novo álbum com o single “Worship and Forget”

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Dave Tavanti

O quinto álbum dos Fleshgod Apocalypse intitula-se “Veleno” e é lançado hoje, 24 de Maio, pela Nuclear Blast. Depois de “Sugar” e “Carnivorous Lamb”, a banda celebra o novo intento discográfico com “Worship and Forget”.

Os italianos são uma das bandas a actuar no Laurus Nobilis Music de 2019, que se realiza entre os dias 25 e 27 de Julho em VN de Famalicão. Hypocrisy, Samael, Soilwork, Entombed AD e Crematory são outras bandas de renome incluídas no cartaz.

Continuar a ler

Notícias

Possessed: vídeo de “Graven”

Diogo Ferreira

Publicado há

-

O novo álbum dos padrinhos do death metal Possessed intitula-se “Revelations Of Oblivion” e foi lançado a 10 de Maio pela Nuclear Blast.

Depois dos singles “No More Room in Hell” e “Shadowcult”, a banda veterana avança com o vídeo de  “Graven” que serve essencialmente para promover a próxima digressão.

A banda liderada por Jeff Becerra passará por Portugal para duas datas:

Continuar a ler

Notícias

Alase: novo single “Riisuttu”

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Sakke Paavola & A. Aho

Cantado em finlandês, abaixo podes ouvir “Riisuttu”, o novo single dos Alase. O tema pertence ao muito aguardado primeiro álbum “Vastaus”, que será lançado a 7 de Junho pela Inverse Records.

Com todas as suas influências combinadas entre metal progressivo, post-rock e alt-rock, o guitarrista Janne Lunnas diz que «”Riisuttu” é a canção mais versátil» que alguma vez fizeram. «Esta música representa bem a nova direcção musical que começámos a tomar e é muito boa de se tocar ao vivo», conclui.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #21