Threat Signal “Disconnect” [Nota: 7/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Threat Signal “Disconnect” [Nota: 7/10]

670653Editora: Agonia Records
Data de lançamento: 10 Novembro 2017
Género: thrash metal / metalcore

Ao quarto álbum, os Threat Signal já conseguiram atingir uma dimensão um tanto ou quanto relevante dentro deste género. Claro que uma boa parte disso deve-se ao lado comercial da sua música: melodias a potes nas guitarras e nas vozes, acordes simples que se pegam aos ouvidos e o uso da estrutura padrão de verso-refrão-verso-refrão-solo-refrão, mas a outra parte deve-se ao seu bem merecido mérito enquanto músicos. Com uma sonoridade que estará numa encruzilhada entre um metalcore mais técnico, thrash moderno e melodeath, o grupo de Ontario safa-se muito bem ao conseguir um equilíbrio entre agressividade e melodia, não sendo daqueles casos de 8 e 80, mas mantendo tudo nalgum número entre 20 e 50 se queremos continuar com metáforas.

O grosso do disco é composto por temas como “Walking Alone” e “Elimination Process”, que têm todas as características do que foi até aqui escrito, valendo-se especialmente dos refrãos apelativos e da simplicidade geral da música em si, o que a torna de muito fácil audição. Coisas na onda de uns Mnemic, 36 Crazyfists ou Architects. Pelo meio ainda se encontra uma balada insonsa chamada “Betrayal”, que é capaz de ser o momento mais fraco de um todo que está muito longe do espectacular, mas que preenche todos os requisitos de decência.

Em suma, é altamente comercial sim, mas não naquele sentido de interesseiros por fama e dinheiro. Se querem saber qual a maior falha do disco é não ter nada que já não se tenha ouvido desde o início deste milénio, mas o que se ouve aqui não deixa de ser bom e merecedor do seu mérito.

7/10
Topo