Varg “Götterdämmerung” [Nota: 7.5/10] | Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Varg “Götterdämmerung” [Nota: 7.5/10]

VARG_EP_Cover__Final_3000_darkEditora: Napalm Records
Data de lançamento: 14 Abril 2017
Género: death metal melódico / metalcore

Após um inspiradíssimo “Das Ende Aller Lügen”, que conseguiu a proeza de figurar no Top 20 alemão aquando do seu lançamento, os Varg regressam com “Götterdämmerung”, um novo EP de quatro faixas que parece prever que o que está para vir é coisa séria. Com um pé no metal pagão e o outro na Neue Deutsche Härte (novo peso alemão) e, muito graças a bandas como Rammstein e Umbra et Imago, a explosão de álbuns cantados em alemão disparou, algo que poderia tornar-se rapidamente num cliché, mas que, na verdade, só tornou mais agressivo um som já por si áspero e desprovido de grandes melodias. A juntar a tudo isto, “Götterdämmerung” apresenta uns Varg muito mais incisivos e violentos que anteriormente, com faixas que jogam entre o death e o black metal, mas sempre com a toada pagã e os toques industriais dos sintetizadores sinfónicos típicos da NDH nos sítios certos a apimentar a mistura. Aliem-se letras robustas à composição e criatividade simplesmente impecáveis dos Varg e o resultado é um dos trabalhos mais intensos e curiosos que tive a oportunidade de ouvir neste primeiro trimestre de 2017:

“Sou fogo,
Senhor da chama,
Como ferro e aço
Sou guerreiro,
Orgulhoso e invencível,
Espinho no dorso dos deuses”

A produção, como se quer, é de primeira linha, e bastaram estes quatro temas para eu ficar muito atento ao futuro próximo dos Varg. Não fazer confusões: a julgar pelo EP, o próximo longa-duração poderá ser muito bem sério candidato a um dos melhores discos do ano.

7.5/10
Topo