Reviews avulso: Xoth | The Freeks | Old Chapel – Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Reviews avulso: Xoth | The Freeks | Old Chapel

xoth_-_invasion_of_the_tentacube_front_coverXoth “Invasion Of The Tentacube” [Nota: 7/10]
Editora: independente
Data de lançamento: 10 Novembro 2016
Género: death metal melódico/técnico

Formados por ex-membros de bandas como Warbringer, Phalgeron ou Lecherous Nocturne, os Xoth lançam um primeiro álbum que anda à volta de ficção científica em que aliens e mitologia dançam entre si – a capa não engana. Num casamento entre alguns momentos de thrash e muitos de death metal técnico e melódico, “Invasion Of The Tentacube” é indicado para fãs de Obscura e/ou Vektor. As guitarras técnicas e melódicas são a batuta deste disco e digladiam-se constantemente numa luta de twin-guitars que vai fazer as delícias dos ouvintes, e ainda há um baixo metalizado que surge muitas vezes como se de uma mola se tratasse à custa da habilidade bass-splapping. A voz rasgada que gargareja poderá ser o elemento menos interessante por falta de diversidade. Uma coisa é certa: headbanging não faltará.

-/-

hps044_thefreeks-shattered_72dpiThe Freeks “Shattered” [Nota: 7.5/10]
Editora: Heavy Psych Sounds
Data de lançamento: 11 Novembro 2016
Género: rock’n’roll

The Freeks é aquela banda que nos leva imediatamente ao rock dos anos 50-60 e às suas matinés onde se encontravam meninos e meninas de bem cá fora para lá dentro levantarem saias, fumar cigarros (entre outras coisas) e ter uma ou outra aventura no WC. Com o claro intuito de revisitar essa época, mas sem pôr de lado a contemporaneidade do rock menos massificado, este “Shattered” tem pianadas frenéticas, guitarradas energéticas, um ou outro lance psicadélico e pontualíssimas passagens a fazer lembrar Alice Cooper. Veste o teu fato de domingo, engraxa os sapatos, não te esqueças dos cigarros e vai até à matiné. Se fores menina, põe o vestido às bolinhas, limpa o sapato alto e não te esqueças dos óculos em bico. Está tudo à vossa espera.

-/-

old-chapel_coverartOld Chapel “Visions From Beyond” [Nota: 7/10]
Editora: Chaos Records
Data de lançamento: 7 Novembro 2016
Género: death metal

Sejam bem-vindos a esta capela velha onde não se reza ao senhor deus, mas onde acontecem bruxarias e rituais macabros. Ao longo de nove faixas, os russos Old Chapel propagam um death metal da velha-guarda com uma produção actual. Maioritariamente com andamento a meio-tempo, em “Visions From Beyond” não falta a bateria tupá-tupá, nem os riffs tensos e cortados, nem muito menos o gutural medonho. Contudo, ainda há tempo – e ainda bem – para algumas secções melódicas que diversificam um disco que às primeiras audições não parece ser muito original. Dentro do plano que quer exercitar, o trio da localidade de Ivanovo acaba por oferecer um álbum consistente, mas que não encherá as plenas medidas aos mais exigentes.

Topo