#ChooseUltraje

Features

AC/DC: A estreia com Axl Rose em Lisboa

Publicado há

-

upload

Foi no passado Sábado que Axl Rose estreou-se como vocalista ao vivo dos AC/DC, e tudo aconteceu no Passeio Marítimo de Algés, em Lisboa.

A par do que foi testemunhado nos primeiros concertos da reunião dos Guns N’ Roses, Axl Rose passou o concerto sentado devido ao facto de ter fracturado um pé durante uma apresentação ao vivo com a sua banda em Los Angeles, no dia 1 de Abril.

A abrir com o tema-título de “Rock Or Bust”, a banda australiana tocou grande parte dos temas que têm caracterizado os seus alinhamentos, incluindo também duas novidades como “Powerage: Rock ‘n’ Roll Damnation” – tocada pela primeira vez desde 2003 – e “Riff Raff”, que já não era ouvida ao vivo desde 1996.

A chuva e o vento, que soprou bem forte durante esse dia, ficaram para segundo plano, dando lugar a uma paisagem lamacenta. Axl Rose dirigiu-se ao público comentando a mudança de tempo repentina e chegava agora a altura de celebrar o rock.

Rose mostrou-se sempre muito confiante e depois de ter afirmado que tudo o que queria era fazer justiça ao trabalho vocal de Brian Johnson – vocalista dos AC/DC que está impedido de actuar ao vivo sob o risco de ficar surdo – , pode-se dizer que não há dúvidas sobre a qualidade de Axl para ocupar este cargo. O desempenho do vocalista não só foi surpreendente como o mesmo mostrou evidências de que estava realmente a passar um bom momento; Não tanto pela sua atitude em palco, pois como estava sentado pouco mais podia fazer do que passar o microfone de uma mão para a outra ou esticar as suas cordas vocais a um ponto em que a ruptura parecia certa, mas sim pelo facto de realmente dirigir-se ao público e mostrar o quanto se estava a divertir através de palavras. Aliás, Axl Rose esteve até muito conversador, se tivermos em consideração que, bem… é o Axl Rose.

E se o Axl Rose é o Axl Rose, o que se pode dizer sobre os AC/DC que já não se tenha dito antes? Os AC/DC são os AC/DC. Simples. Angus Young andava de um lado para o outro no seu estilo típico, com voltinhas e piruetas, mostrando que a máquina australiana está bem oleada, mesmo com tantos quilómetros em cima.

Enquanto uns pediram bilhetes de volta ou queixavam-se do mau tempo (é preciso ter-se estofo, meus amigos! O rock não é para meninos!), outros não perderam a oportunidade de ver uma banda lendária acompanhada por um convidado que deu tudo de si para não desiludir ninguém, e cujo agradecimento não se fez esperar. De repente, eram entoados cânticos de “Axl! Axl!”, onde Axl de imediato redirecciona o protagonismo para Angus.

No fim de contas, foi uma noite mágica e ao mesmo tempo estranha. Estamos perante um novo Axl. E se este novo Axl é assim sentado numa cadeira, sortudos são aqueles que o poderão ver quando estiver em forma e a 100%. Quanto aos AC/DC, já sabem a resposta!

TL;DR – Os AC/DC tocaram pela primeira vez com Axl Rose nos vocais e foi excelente!

Setlist
Rock or Bust
Shoot to Thrill
Hell Ain’t A Bad Place To Be
Back in Black
Got Some Rock & Roll Thunder
Dirty Deeds Done Dirt Cheap
Rock ‘N’ Roll Damnation
Thunderstruck
High Voltage
Rock ‘N’ Roll Train
Hells Bells
Given The Dog A Bone
Sin City
You Shook Me All Night Long
Shot Down in Flames
Have a Drink On Me
T.N.T.
Whole Lotta Rosie
Let There Be Rock

Encore
Highway To Hell
Riff Raff
For Those About to Rock (We Salute You)

Features

Nuno Bettencourt, Tom Morello e Scott Ian tocam tema de Game Of Thrones

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Consagrada como uma das séries mais populares de sempre, Game Of Thrones, que terminou na última madrugada, teve a capacidade de exultar nos seus fiéis seguidores todas as emoções desde o seu início com o genérico criado por Ramin Djawadi.

No clip abaixo, Djawadi é acompanhado por Dan Weiss (criador da série), Tom Morello (Rage Against The Machine), Scott Ian (Anthrax), Nuno Bettencourt (Extreme) e Brad Paisley numa jam session com as novas guitarras Fender em que tocam precisamente o tema principal de Game Of Thrones com muito free-style solista pelo meio.

Continuar a ler

Features

Sabaton History Channel, ep. 15: o Barão Vermelho

Diogo Ferreira

Publicado há

-

No novo episódio do Sabaton History Channel, Joakim Brodén e Indy Neidell escolhem falar do tema “The Red Baron” que pertence ao próximo álbum “The Great War”, a ser lançado a 19 de Julho pela Nuclear Blast.

O Barão Vermelho é um do ícones heróicos da I Guerra Mundial que, simultaneamente, engloba a mecanização e a romantização da guerra moderna com as suas habilidades e heroísmo. Manfred von Richthofen é o nome verdadeiro do piloto que é, então, recordado em mais um episódio do Sabaton History Channel.

Mais episódios AQUI.

Continuar a ler

Features

Jinjer ao vivo no Resurrection 2018 (c/ vídeo)

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Veronika Gusieva

Abaixo podes assistir à prestação dos Jinjer no Resurrection de 2018. Recentemente disponibilizado pelo próprio festival, este vídeo servirá para aguçar a vontade que os fãs desta banda têm para os ver no Vagos Metal Fest deste ano. Nos quase 40 minutos de concerto, os Jinjer executaram temas como “Words Of Wisdom”, “I Speak Astronomy”, “Pisces” ou “Captain Clock”.

O EP “Micro”, lançado em Janeiro de 2019 pela Napalm Records, é o registo mais recente dos ucranianos que, como referido, actuarão no Vagos Metal Fest, evento que se realiza entre 8 e 11 de Agosto. Stratovarius, Six Feet Under, Satyricon, Candlemass, Death Angel, Watain e Alestorm são alguns dos nomes do cartaz.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #21