Banda do Dia: Blood River (Chile – melodic death metal) – Ultraje – Metal & Rock Online
Banda do Dia

Banda do Dia: Blood River (Chile – melodic death metal)

3540432645_photo

Banda: Blood River
Último lançamento: “The Quiet of the Seas” (2017)
País: Chile
Estilo: melodic death metal
Para fãs de: Children of Bodom, Norther
Respostas de: Matías Sáez (teclados)
Links: Facebook | Bandcamp

Sobre o último lançamento:
«O conceito principal de “The Quiet of the Seas” baseia-se no Caso Aysén, ocorrido na Patagónia chilena, em que aconteceram múltiplas ‘mortes inexplicáveis’ na região de Aysén entre 1997-2001. Inspirámo-nos nisso e criámos uma história fictícia baseada neste caso e no livro “Almas en el Río”, que fala sobre o mesmo. “The Quiet of the Seas” é um álbum de múltiplas caras. Viaja através de paisagens ambientais e tranquilas até malhas pesadas e com grande poder, melodias características, solos de guitarra e teclado, blast-beats… Um disco brutalmente melódico. Este disco é a nossa carta de apresentação. As nossas metas passam por tocar muito, onde quer que seja e onde quiserem a nossa música, para além de querermos dar início as grandes coisas no futuro.»

Ambições:
«A banda tem aspirações profissionais. Trabalhar duro para mostrar a nossa música a nível nacional e internacional, criar material (audiovisual, musical, etc.) e continuar a trabalhar para oferecer bom material que nos faça sentir satisfeitos.»

Influências/referências:
«As bandas que nos marcaram na infância foram Children of Bodom e Norther. A banda nasceu com esses dois nomes muito pegados à pele, tanto com as covers que tocávamos como na forma de compor. Com o passar dos anos fomos conhecendo mais bandas e música, tanto do mundo do metal como de outros mundos. Wintersun, Stratovarius, Celesty, Rhapsody of Fire, Dream Theater, Insomnium, Trivium, Symphony X. Destas e doutras bandas sacamos coisas de que gostamos e agregamo-las na nossa música, esperando que tudo soe bem até conseguirmos o que temos hoje.»

Futuro:
«Queremos continuar a tocar em vários sítios para conseguirmos todas as oportunidades que temos ao nosso alcance, para além de começarmos a trabalhar no álbum seguinte. O resto acontecerá ao longo do caminho, mas confiamos que tudo será bom.»

Topo