#ChooseUltraje

Features

[Exclusivo] Kurt Cobain (1967-1994), 25 anos depois da sua morte: 10 curiosidades sobre Cobain e Nirvana

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Fecal Matter. Formada em 1985, esta banda tinha Kurt Cobain e Dale Crover (The Melvins) na formação original. Ainda que tenha durado apenas cerca de um ano, Buzz Osborne (The Melvins) daria o seu contributo como baixista e seria, mais tarde, uma pessoa próxima de Cobain. “Illiteracy Will Prevail” é o título da demo dos Fecal Matter e constitui as primeiras construções líricas que Cobain foi evoluindo até à sua morte.

 

Skid Row e formação de Nirvana. Após desintegração de Fecal Matter, os The Melvins lançariam o primeiro EP “Six Songs” em 1986, enquanto Cobain usava a tape do seu antigo grupo para encontrar novos colegas. Krist Novoselic seria o eleito para recomeçar esta vida, mas antes de Nirvana surgiram nomes como Skid Row que acabara por ser posto de parte por já existir outra banda, e com considerável fama, com esse mesmo nome. A banda Nirvana formou-se em 1987 com Cobain (guitarra/voz), Novoselic (baixo) e Burckhard (bateria). O primeiro álbum “Bleach” é lançado em 1989. Vários bateristas passaram pela formação do trio, até que se encontrou o incontestável eleito em 1990: Dave Grohl.

 

“Nevermind”. Em Setembro de 1991 era lançado o disco que definiu uma geração e a própria indústria musical. Menos sujo e mais orelhudo, mas sempre incisivo liricamente, do que qualquer material anterior, “Nevermind” catapultou os Nirvana para um estrelado tão reluzente que acabaria mesmo por destronar Michael Jackson dos tops. Deste álbum destacam-se hinos do grunge como “Smells Like Teen Spirit”, “Come As You Are” ou “Lithium”. Seguir-se-ia o álbum “In Utero” (1993). Para a vida de Cobain, do ponto-de-vista exterior entre fãs e imprensa, alcançar o topo significou também uma descida abrupta que terminaria dentro em breve…

 

Seattle Sound. O termo ficou universalmente conhecido como grunge, mas, e mais do que a sonoridade, neste ponto importa a localização. Se em Nova Iorque prosperava o hardcore e na Califórnia o punk, mais acima em Seattle, Estado do Washington, explodiam bandas como Nirvana, The Melvins, Mudhoney, Alice In Chains e Pearl Jam. O que hoje é considerado grunge, no final dos anos 1980 era antes uma versão mais arrojada, crua e pessoal do que o punk-rock mundialmente famoso com bandas como Ramones nos EUA e Sex Pistols no Reino Unido.

 

Meat Puppets. Banda formada no amanhecer da década de 1980, o trio de Phoenix, Estado do Arizona, acabaria por constituir uma inspiração para Cobain e os seus Nirvana. Esta evidência tornou-se clara aquando do “MTV Unplugged in New York” (1994) em que três interpretações – “Plateau”, “Oh, Me” e “Lake of Fire” – são temas originais de Meat Puppets.

 

Morte. A rampage, pelo menos ao olhar público, começaria em Março de 1994, quando, em Roma, Cobain tem uma overdose derivada de álcool e medicamentos, e terminaria a 5 de Abril do mesmo ano no momento em que o mentor dos Nirvana se suicida com um tiro. O corpo seria encontrado pelas autoridades a 8 de Abril. Complicações de saúde, abuso de drogas e uma relação turbulenta com Courtney Love serão as razões mais óbvias para o fim de Kurt Cobain.

 

Memorabilia. O legado de Cobain não é apenas intelectual, mas também palpável. Das várias guitarras vendidas após a sua morte, uma Fender foi vendida por $100,000 em 2008 e uma Mark IV Gospel por $131,000 em 2006. Foram ainda vendidos ou leiloados outros objectos, como um casaco por £93,000.

 

Cobain: Montage Of Heck. Em 2015 sai o muito aguardado documentário sobre a vida de Kurt. Ao longo de quase duas horas e meia, este filme documental apresenta testemunhos na primeira pessoa provenientes de familiares (mãe, pai, irmã, madrasta), Krist Novoselic ou Courtney Love. Mesmo com o depoimento de pessoas tão próximas de Cobain, a controvérsia ganhou o seu caminho especialmente pela voz de Buzz Osborne (The Melvins) que, através da RiffYou.com, comentou: «Acontece que sei que muitas coisas [partilhadas no filme] não são verdade. Se as pessoas quiserem acreditar nisso e acharem que ele foi capaz de fazer aquelas coisas, isso é problema delas. Mas eu não vou nessa.»

 

Pós-Nirvana. Com a dissolução da banda mais apetecível da primeira metade da década de 1990, os restantes membros arrepiaram caminho próprio. Krist Novoselic tem, desde 1995, colaborado com diversas bandas, como Flipper ou Giants in the Trees (formados em 2017), e artistas, como o ex-colega Dave Grohl que lança o documentário “Sound City” em 2013 e de onde saiu uma banda-sonora em que se inclui o próprio Krist, Paul McCartney (The Beatles) ou Trent Reznor (NiN). Por seu turno, Dave Grohl fundou os Foo Fighters logo em 1994 e desde então tem gozado de muito sucesso no panorama rock com nove álbuns na bagagem.

 

As músicas mais pesadas de Nirvana (por Joel Costa). Um dos primeiros features da Ultraje aquando da fundação foi precisamente um Top 20 das músicas mais pesadas da banda grunge e que aqui recuperamos. Kurt Cobain nasceu a 20.02.1967 e morreu a 05.04.1994. Passam-se 25 anos da sua morte.

 

Features

Nuno Bettencourt, Tom Morello e Scott Ian tocam tema de Game Of Thrones

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Consagrada como uma das séries mais populares de sempre, Game Of Thrones, que terminou na última madrugada, teve a capacidade de exultar nos seus fiéis seguidores todas as emoções desde o seu início com o genérico criado por Ramin Djawadi.

No clip abaixo, Djawadi é acompanhado por Dan Weiss (criador da série), Tom Morello (Rage Against The Machine), Scott Ian (Anthrax), Nuno Bettencourt (Extreme) e Brad Paisley numa jam session com as novas guitarras Fender em que tocam precisamente o tema principal de Game Of Thrones com muito free-style solista pelo meio.

Continuar a ler

Features

Sabaton History Channel, ep. 15: o Barão Vermelho

Diogo Ferreira

Publicado há

-

No novo episódio do Sabaton History Channel, Joakim Brodén e Indy Neidell escolhem falar do tema “The Red Baron” que pertence ao próximo álbum “The Great War”, a ser lançado a 19 de Julho pela Nuclear Blast.

O Barão Vermelho é um do ícones heróicos da I Guerra Mundial que, simultaneamente, engloba a mecanização e a romantização da guerra moderna com as suas habilidades e heroísmo. Manfred von Richthofen é o nome verdadeiro do piloto que é, então, recordado em mais um episódio do Sabaton History Channel.

Mais episódios AQUI.

Continuar a ler

Features

Jinjer ao vivo no Resurrection 2018 (c/ vídeo)

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Veronika Gusieva

Abaixo podes assistir à prestação dos Jinjer no Resurrection de 2018. Recentemente disponibilizado pelo próprio festival, este vídeo servirá para aguçar a vontade que os fãs desta banda têm para os ver no Vagos Metal Fest deste ano. Nos quase 40 minutos de concerto, os Jinjer executaram temas como “Words Of Wisdom”, “I Speak Astronomy”, “Pisces” ou “Captain Clock”.

O EP “Micro”, lançado em Janeiro de 2019 pela Napalm Records, é o registo mais recente dos ucranianos que, como referido, actuarão no Vagos Metal Fest, evento que se realiza entre 8 e 11 de Agosto. Stratovarius, Six Feet Under, Satyricon, Candlemass, Death Angel, Watain e Alestorm são alguns dos nomes do cartaz.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #21