[Reportagem] Sacred Sin + Shadowsphere @ Cave 45 (22/09/17) | Ultraje – Metal & Rock Online
Concertos

[Reportagem] Sacred Sin + Shadowsphere @ Cave 45 (22/09/17)

«Uma noite de peso e com uma casa bem composta no Cave 45, que esperemos que continue a proporcionar estes momentos.»

O dia 22 de Setembro de 2017 marcou o regresso dos Shadowsphere aos palcos. Após um longo interregno, foi possível ver no Cave 45 a nova formação que conta com dois elementos oriundos da cidade do Porto: Ricardo Orca na voz e Susana Brochado no baixo. Formados em 2000, no Seixal, e após a mudança do seu fundador Luís Goulão para terras nortenhas, esta região ganhou assim mais um nome de peso. As alterações na formação não se fizeram notar no concerto que deram, mantendo em grande nível o death metal que praticam. Temas como “Hellbound Heart”, “Sworn Enemy”, “Nosferatu” e a terminar “My Darkest Eyes”, fizeram parte de uma setlist curta mas enérgica para gáudio dos presentes.

upload_shadow

(Shadowsphere / Fotografia: Vânia Matos)

Nascidos em 1991, os Sacred Sin traziam na bagagem a apresentação do seu novo álbum “Grotesque Destructo Art” e ninguém pode dizer que saiu defraudado da catacumba do Cave 45. Possuidores de um som old school que tanto roça o death metal como o thrash, a banda fez-nos viajar aos distantes anos 90, o que nos deixou saudosistas daquela época. Sem rodeios nem floreados, grande parte da sua actuação foi baseada nos novos temas (“Hatred Inside”, “Murder”, “Euthanize It”) sem esquecer algumas músicas que já se tornaram clássicos do underground nacional (“Eye M God” e “Ghoul Plagued Darkness”). Tantos anos de estrada fizeram com que os Sacred Sin permanecessem vivos e servindo de inspiração para tantas outras bandas que ao longo destes anos iniciaram os seus percursos. Uma noite de peso e com uma casa bem composta no Cave 45, que esperemos que continue a proporcionar estes momentos.

upload_sacredsin2

(Sacred Sin / Fotografia: Vânia Matos)

Topo