King Parrot “Ugly Produce” [Nota: 7.5/10] – Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

King Parrot “Ugly Produce” [Nota: 7.5/10]

ARCD171Editora: Agonia Records
Data de lançamento: 22 Setembro 2017
Género: thrash/grindcore

Dá sempre jeito quando uma lenda do metal como Phil Anselmo pega numa banda e a apoia ao ponto de lhe oferecer um contrato para a sua própria editora e aparecer num vídeo dela. Ainda assim, os australianos King Parrot nunca teriam passado dos proverbiais cinco minutos de fama se o seu thrash/grindcore não tivesse uma espinha dorsal de qualidade. Já havia um sopro de Blood Duster e Pig Destroyer na sonoridade da banda no EP inicial e no disco de estreia em 2011 e 2012 respectivamente, mesmo antes de Anselmo assinar a banda para a Housecore Records, e foi a partir daí que os King Parrot iniciaram a sua evolução musical. Agora, ao terceiro álbum de originais, é difícil não reconhecer a eficiência e poder destrutivo de uma sonoridade que sabe aproveitar a energia do punk, a força do hardcore e a imprevisibilidade do sentido de humor para regar os seus temas com uma tridimensionalidade a que poucos projectos chegam.

Tudo isto vem acrescer ao thrash/grindcore propositadamente exagerado dos King Parrot, imediato como o raio mas que também sabe oferecer momentos técnicos. Basta escutar o trabalho rítmico por trás do solo de “Spookin’ The Animals”, o tema que encerra o disco, para perceber que estes australianos são muito mais do que o one trick pony do thrash/grind. “Ugly Produce” não se distancia, no entanto, muito do seu antecessor (“Dead Set”, editado há dois anos também pela Housecore nos E.U.A. e Agonia Records na Europa) e terá nisso a sua maior virtude para os fãs e o seu maior defeito para os detractores. Mas uma coisa é certa: o instinto para os temas abrasivos está lá e o dedo prestes a carregar no gatilho da velocidade grind continua leve. Como se estivéssemos sempre a um passo de descambar e da Austrália descarregar o seu arsenal nuclear em cima do resto do mundo. Se dependêssemos dos King Parrot para falinhas mansas, podíamos começar a correr para o bunker mais próximo.

 

7.5/10
Topo