Skogen “Skuggorna Kallar” [Nota: 7.5/10] – Ultraje – Metal & Rock Online
Reviews

Skogen “Skuggorna Kallar” [Nota: 7.5/10]

Editora: Nordvis Produktion
Data de lançamento: 25 Maio 2018
Género: folk/black metal

As sombras da floresta chamam e, seduzidos, nós vamos caminhando por entre árvores e sobre a terra estaladiça revestida de geada até alcançarmos uma clareia onde podemos receber o luar intenso do norte após termos deambulado pela escuridão. É no confronto entre a luz e a escuridão que podemos centrar o foco deste novo álbum dos suecos Skogen que se mostram imensamente maturados, não só musical mas também conceptualmente naquilo que é sempre uma homenagem à beleza do seu país. Esse tal confronto, essa polaridade, é facilmente descoberta quando começamos a ouvir este “Skuggorna Kallar”: se por um lado temos leads melódicos e vozes limpas a cantarem odes, por outro aparecerá sempre aquela malha de guitarra de fundo cheia e corrida à black metal que se entrelaça com a bateria a passo médio e com alguns arranjos atmosféricos que se apresentam fundamentais ao corpo geral deste disco. É um álbum de black metal, mas o quarteto consegue ainda incluir sentimentos folclóricos, bem como solos muito melódicos e catchy que vão para além do género que ecoam como base. Um dos pontos interessantes deste álbum, e finais desta análise, é que “Skuggorna Kallar” consegue dedicar-se aos mistérios negros da natureza sem nunca pôr de parte um possível toque de luz – e a verdade é que uma coisa não pode existir sem a outra; para haver escuridão teve de haver luz, para haver luz tem de existir alguém que faça com que a escuridão acabe. O regresso dos Skogen é de audição obrigatória.

7.5/10
Topo