#ChooseUltraje

Features

[Antevisão] SWR Barroselas Metalfest XXII: faz-te ao aço!

Diogo Ferreira

Publicado há

-

A realizar-se entre os dias 26 e 28 de Abril, a 22ª edição do SWR Barroselas Metalfest conta, à cabeça, com três nomes históricos. Na abertura dos anos 1980 apareceram os californianos Saint Vitus com o seu doom metal old-school, sendo que o terceiro álbum “Born Too Late” (1986) é um dos marcos discográficos; o álbum homónimo, que repete o título do debutante de 1984, é o trabalho que se segue e será lançado na Europa pela Season Of Mist em Maio.  Fundados na mesma década, mas já no seu final, os ingleses Godflesh são pioneiros da combinação entre metal e industrial; com um hiato pelo meio, a dupla tem sido capaz de lançar álbuns regularmente, sendo “Post Self”, de 2017, o mais recente. A finalizar este pertinente trio no panorama da música negra e pesada, os também ingleses Benediction serão a atracção principal do SWR no que ao death metal diz respeito; muito activos no lançamento de álbuns nos anos 1990, estes veteranos têm em “Killing Music” (2008) o último longa-duração, mas têm comemorado a sua ligação à Nuclear Blast com a box “The Nuclear Blast Recordings”.

 

O black metal fica assegurado com a presença de Craft, banda sueca que tem sido um dos baluartes do subgénero na Season Of Mist; quebraram um silêncio de sete anos quando, em Junho de 2018, lançaram o aguardado “White Noise and Black Metal”. Ainda referente ao black metal, o SWR receberá a prestação dos, agora mais progressivos, Ascension, dos ritualistas Barshasketh ou dos fúnebres portugueses Morte Incandescente. Por seu turno, a veterania ficará ao cargo dos recém-regressados death metallers Vomitory – suecos que lançaram cinco álbuns na primeira década do Séc. XXI -, e o sangue novo será jorrado pelas brasileiras Nervosa que com “Downfall of Mankind” (2018) deram mais patada ao seu thrash metal veloz com a inclusão de condimentos death metal.

 

Analepsy e Serrabulho são duas bandas portuguesas que têm dado que falar pela Europa fora e darão o seu contributo artístico a um dos mais importantes festivais do nosso país. Dispensando grandes apresentações, o death metal técnico dos primeiros, ouvido em “Atrocities from Beyond” (2017), continua a rodar incessantemente, e a paródia fará parte da prestação dos Serrabulho com o seu happy/party grindcore renovado no álbum “Porntugal (Portuguese Vagitarian Gastronomy)” (2018). Menções honrosas para o regresso dos nacionais Namek, para os franceses Arkhon Infaustus, para os finlandeses Demilich e para os norte-americanos Imperial Triumphant.

 

Para além dos dois palcos interiores, onde irão desfilar as bandas atrás referidas, haverá espaço para a habitual SWR Arena onde mais de 20 bandas iniciarão e encerrarão cada dia do SWR, com destaque para Grog, Sacred Sin, Scúru Fitchádu, Humanart, Nakkiga, Son Of Cain, Summon e Greengo. Sem merch, comida e bebida não há festivaleiro que aguente, portanto quem se deslocar a Barroselas poderá com certeza adquirir aquela t-shirt ou aquele vinil que tanto quer de barriga cheia.

 

O passe-geral tem um preço de 78€ e o bilhete diário tem um custo de 38€. Todas as informações estão disponibilizadas no site oficial do festival.

Features

Nuno Bettencourt, Tom Morello e Scott Ian tocam tema de Game Of Thrones

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Consagrada como uma das séries mais populares de sempre, Game Of Thrones, que terminou na última madrugada, teve a capacidade de exultar nos seus fiéis seguidores todas as emoções desde o seu início com o genérico criado por Ramin Djawadi.

No clip abaixo, Djawadi é acompanhado por Dan Weiss (criador da série), Tom Morello (Rage Against The Machine), Scott Ian (Anthrax), Nuno Bettencourt (Extreme) e Brad Paisley numa jam session com as novas guitarras Fender em que tocam precisamente o tema principal de Game Of Thrones com muito free-style solista pelo meio.

Continuar a ler

Features

Sabaton History Channel, ep. 15: o Barão Vermelho

Diogo Ferreira

Publicado há

-

No novo episódio do Sabaton History Channel, Joakim Brodén e Indy Neidell escolhem falar do tema “The Red Baron” que pertence ao próximo álbum “The Great War”, a ser lançado a 19 de Julho pela Nuclear Blast.

O Barão Vermelho é um do ícones heróicos da I Guerra Mundial que, simultaneamente, engloba a mecanização e a romantização da guerra moderna com as suas habilidades e heroísmo. Manfred von Richthofen é o nome verdadeiro do piloto que é, então, recordado em mais um episódio do Sabaton History Channel.

Mais episódios AQUI.

Continuar a ler

Features

Jinjer ao vivo no Resurrection 2018 (c/ vídeo)

Diogo Ferreira

Publicado há

-

Foto: Veronika Gusieva

Abaixo podes assistir à prestação dos Jinjer no Resurrection de 2018. Recentemente disponibilizado pelo próprio festival, este vídeo servirá para aguçar a vontade que os fãs desta banda têm para os ver no Vagos Metal Fest deste ano. Nos quase 40 minutos de concerto, os Jinjer executaram temas como “Words Of Wisdom”, “I Speak Astronomy”, “Pisces” ou “Captain Clock”.

O EP “Micro”, lançado em Janeiro de 2019 pela Napalm Records, é o registo mais recente dos ucranianos que, como referido, actuarão no Vagos Metal Fest, evento que se realiza entre 8 e 11 de Agosto. Stratovarius, Six Feet Under, Satyricon, Candlemass, Death Angel, Watain e Alestorm são alguns dos nomes do cartaz.

Continuar a ler

Facebook

#UltrajeRadar

Ultraje #21